Mensagem do Ministro Tarajo – Junho de 2018

Mensagem do Ministro Tarajo – Junho de 2018

Postado por Tarajo do Amanhecer, Com 0 Comentarios, Categoria: Mensagens do Ministro Tarajo,

Salve Deus. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo 3x.

Salve Deus! Filhos abnegados, a centelha crística que se encontra e emana por todo esse Universo possa encontrar acesso em todo o teu ser, fortalecendo o recôndito mais profundo do teu ser, trazendo à tona a tua sabedoria, a paz e harmonia, meu filho Jaguar. Filhos, há muito ouvistes que chegaria o momento que neste mundo se faria um novo amanhecer, uma nova aurora, a transformação, onde escutarias as clarinetas dos seres angelicais a anunciar neste mundo uma Nova Era, mas o que ouvis, são os clamores de teus irmãos, a dor, a provação, a fome e a injustiça. Filhos, abris vossos olhos, abrangei vosso entendimento e perceba que os anjos são vós que, vêm anunciar aos seus irmãos viventes, terráqueos, nesse mundo, o Cristo. O Cristo redimido, o Cristo Universal, o Cristo Caminheiro. Muitas vezes espereis a intervenção do céu para que tudo mude em um estalar de dedos, mas vos esqueçais, meus abnegados filhos, que sois vós essa própria transformação. Estais aqui para enxugar as lágrimas, confortar aqueles que buscam na revolta, no confronto armado, no confronto mental, no confronto ideológico, a solução de seus problemas, o equilíbrio da própria vida. Não, meus filhos, não deixeis vosso padrão levar-se por essa sintonia que a cada dia mais vem tomando proporção nesse mundo. A vós foi confiado tudo, quando eu digo tudo, é que tem tudo em vossas mãos para viverdes em paz, para não deixar o padrão do teu sol interior nem sequer estremecer mediante à tempestuosa transformação que este mundo testemunha. Não, meus filhos, não é hora de refletir sobre medo, sobre incerteza, sobre o amanhã que pode ou não ser doloroso. É hora, cada vez mais de arregaçar vossas mangas e pegar vossa charrua. É hora cada vez mais de sedes a figuração viva do Evangelho de Mateus, quando ele diz “bem-aventurados os mansos de coração porque herdarão a Terra”. Sois vós, meus filhos, o sal que fecundará este solo para receber seres que já reencarnados se encontram para dar o impulso maior na transformação deste mundo. Mas não espereis a transformação do teu semelhante, não espereis a transformação de nenhum sistema filosófico, político… sim, busquei essa transformação na tua particularidade, na tua individualidade, no teu mundo cotidiano. Queres um mundo melhor, meus filhos? Eu pergunto a vocês: quereis um mundo melhor, meus filhos? Então, sejais melhores. Porque a transformação começa dentro de cada um. Deixai impregnada na atmosfera deste orbe terrestre a tua marca, meu filho jaguar. A tua marca, daquele que no amanhecer, que no primeiro raiar do sol sai no teu cotidiano em busca do pão, em busca do sustento da própria vida, mas que no final do dia, enverga a sua indumentária porque acredita fazer e ser diferente, ser a diferença iluminada nesse mundo. Salve Deus, meus filhos. Mais uma vez, eu digo, não é mais tempo de ficar olhando, lamentando, mas sim, arregaçai vossas mangas, envergai as vossas verdadeiras armas. Não aquelas armas que estão esquecidas nas velhas estradas, mas as armas que o grande Simiromba assim vos confiou. Envergai essas armas com todo o vigor do teu espírito e há de sentir-se parte dessa transformação, há de sentir a verdadeira transformação. Eu lhes peço, eu lhes clamo, meus filhos amados, não deixei vosso padrão se igualar à turba desesperadora que cada dia mais  está se encorpando nesse mundo. Sim, mantei o teu equilíbrio, mantei a luz viva do vosso sol interior que iluminará não tão somente a tua estrada, mas iluminará muitos seres encarnados, seres desencarnados, seres que muitas vezes arraigados em ideias, em ideais, em pensamentos tristes ainda se retém séculos nos sofrimentos. Um simples toque seu, meu filho, minha filha, pode despertar esse ser para a luz, para sua verdadeira vestimenta.

Salve Deus, meus filhos. Vamos nos unir, vamos somar, vamos criticar menos, vamos compreender mais, reter o vosso bom olhar sobre o teu irmão, porque as falhas ainda fazem parte do cotidiano do ser vivente neste mundo e quem não as apresenta, quem estiver sem o pecado, atire a primeira pedra. Assim disse um dia, de uma forma profética e eterna, nosso Senhor Jesus Cristo. Guardai vossas pedras, mas exteriorizai vosso amor que sei que tem muito a dar, filhos. Vejo seres iluminados à minha frente. Não estou dizendo dos seres espirituais, mas de vós, meus filhos, todos que estão aqui nesse instante. Que Jesus os abençoem, filhos e aumente cada vez mais vossas condições.

Graças a Deus, meus filhos pacientes, que Nosso Senhor Jesus Cristo, o maior de todos os médicos, possa conceder-lhes a cura do espírito. Porque o corpo não é tão somente uma vestimenta. É tão somente um envoltório para a essência da própria vida. A doença do corpo reflete, muitas vezes, uma necessidade do espírito. Então, fortaleça vossos espíritos, de tudo mais, vos será acrescentado. Que Jesus os abençoem.

Deixe uma resposta